Como realizar a busca por código do CID10?

Tempo de leitura: 3 minutos

O sistema mundial de classificação e padronização de doenças, sinais, sintomas, causas externas, lesões, distúrbios e outras condições relacionadas à saúde é denominado como Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados com a Saúde (CID).

Ela surgiu como um meio para investigar as principais causas de mortes e desde 1948 é editada e divulgada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que incorporou também dados de morbidade (doenças que levam a internações hospitalares ou atendimentos ambulatoriais).

Todos os países signatários da OMS utilizam o sistema, que desde 1993 está em sua 10ª revisão, conhecida por CID10. A nova versão já está em desenvolvimento, e a organização pretende lançá-la em 2018. Até lá, a CID10 continua sendo a principal ferramenta para compartilhamento de informações de saúde, melhor comunicação e entendimento entre profissionais da área de diversos países (e idiomas), permitindo ainda comparar dados históricos, locais, regionais e internacionais, e por isso constitui-se também como uma ferramenta de orientação de políticas públicas. Mas como funciona e qual a melhor forma para buscar códigos na CID10?

Como a CID10 está organizada?

Um dos primeiros passos para entender como realizar buscas de códigos na CID10 é entender como a classificação está estruturada e organizada. A CID10 é composta por três volumes. O primeiro é a classificação em si, chamada de Lista Tabular. Cada estado de saúde é formado por um código alfanumérico que começa com uma letra do alfabeto (de A à Z) e pode ser seguida por até três dígitos, referentes ao grupo, a categoria e à subcategoria dos estados de saúde. Ou seja, a lógica de organização não é por ordem alfabética, e sim por similaridade entre as enfermidades.

Quanto mais dígitos o código tiver, mais detalhado e específico será o quadro da doença. Já o volume 2 é um manual de instruções, que até a CID 9 formava um único volume junto à Lista, e no volume 3 está o Índice Alfabético.

Como encontrar códigos na classificação?

Após compreender a lógica que estruturou a CID 10, fica intuitivo encontrar os códigos para os estados de saúde. O capítulo VI, por exemplo, aborda as “doenças do sistema nervoso”, e contempla os códigos do G00 ao G99. Se o intuito é encontrar a classificação para a doença de Parkinson, este é o capítulo onde será encontrado, sob a codificação G20. Já para descobrir o código da desnutrição na gravidez ou da hemorragia pós-parto, o local certo para procurar é o capítulo que trata de “questões de gravidez, parto e puerpério”, portanto o capítulo XV (O00-O99).

Atualmente, há formas tecnológicas de descobrir os códigos da CID 10. A Lista Tabular está presente na internet para consulta e download, e também em programas de administração para clínicas e profissionais de saúde. Além disso, mais recentemente foram desenvolvidos aplicativos para Apple, Android e Google Play com o objetivo de facilitar a busca pelos códigos. Eles funcionam tanto por meio da inserção do código em si visando descobrir ao que se refere, quanto pelo uso de palavras-chave relativas a doenças, sintomas e outros fatores, neste caso auxiliando a encontrar o estado de saúde e sua respectiva codificação.

Quer saber mais sobre a CID10? Confira o artigo em que listamos as melhores dicas de navegabilidade da classificação.