Presença digital: primeiros passos

Tempo de leitura: 3 minutos

Um profissional de saúde não é diferente de um empresário de outro ramo. Vendemos serviços de saúde, consultas, exames, procedimentos que representam melhoria da qualidade de vida para os nossos pacientes.

A internet e as redes sociais trouxeram inúmeras mudanças para as relações entre empresas e consumidores – na nossa realidade, entre médicos, dentistas, psicólogos, nutricionistas e seus pacientes. Todas as etapas da venda de qualquer tipo de serviço podem passar pela internet, desde a atração e fidelização do cliente até a própria venda e o atendimento pós-venda.

Dito isso, não é surpresa que a internet funcione dessa mesma forma para a área da saúde, oferecendo inúmeras possibilidades de potencializar nossos resultados e conquistar consultórios e clínicas – empreendimentos de saúde – de sucesso.

No post de hoje, você tem tudo o que precisa saber para dar o pontapé inicial na sua entrada no universo online!

Presença digital

Muitos profissionais já investem em estratégias de presença digital para conquistar pacientes, utilizando sites institucionais e blogs pessoais, além dos perfis em redes sociais. O contato online oferece a possibilidade de abordar seus futuros pacientes de forma sutil e não agressiva. Você pode conquistá-los sem que eles saibam que estão sendo cortejados, disponibilizando conteúdos úteis, dicas e informações importantes sobre a sua especialidade.

Essas práticas te ajudam na atração e também na fidelização do paciente, já que poucos profissionais se preocupam com as etapas pré e pós consulta. Você estará oferecendo um serviço diferenciado, rico e muito mais atrativo.

Ainda, agraciar seus pacientes com informação cria um relacionamento muito mais interessante do que o que vemos normalmente entre paciente e profissional. Você permite que o paciente de fato compreenda seus sintomas, seu tratamento e o porquê de cada conduta que você adotará no processo, em vez de apenas ouvir termos médicos complicados que não significam nada para ele e seguir o caminho sugerido apenas porque o profissional disse que é o melhor.

Não podemos negar que existe um lado extremamente positivo para os profissionais da área da saúde no ambiente digital. Por isso, preparei um e-book no qual você encontrará uma discussão aprofundada sobre marketing digital: por que investir, como agir de forma ética e como montar uma estratégia de marketing online.

Está imperdível! Clique aqui e acesse o material sem custo!

Os perigos da rede

Nesse tópico, é preciso ressaltar que a internet trouxe alguns pontos negativos para a nossa área de atuação.

O Google, buscador mais utilizado da rede, atua como professor, engenheiro, advogado, guru espiritual, psicólogo, médico, dentista e nutricionista para os usuários, que muitas vezes acabam levando as informações disponibilizadas na internet como verdades absolutas e deixam de se consultar com um profissional especializado por acreditarem que o problema pode ser resolvido do conforto de casa.

Lidamos com saúde – e por extensão, sintomas, doenças e medicamentos – e por isso é preciso tomar muito cuidado com o que disponibilizamos online, porque não temos controle de como as informações serão utilizadas.

Talvez nossas intenções sejam as melhores possíveis ao escrever sobre certos sintomas ou doenças, mas os usuários da rede podem acabar substituindo uma consulta real com um médico por uma consulta ao Google, e sabemos dos perigos que a prática de se autodiagnosticar e a automedicar representam para pessoas leigas. Não podemos oferecer essa possibilidade, nem correr esse risco.

Para isso, não fale abertamente sobre sintomas, doenças e tratamentos em suas plataformas online. Deixe essas discussões para o consultório.

Você pode enviar conteúdo específico para cada paciente depois da primeira consulta, direcionando cada caso para as informações corretas. Assim, você evita que seus pacientes busquem e acreditem em dados de fontes duvidosas, e garante que estarão consumindo informações confiáveis.

Saiba mais

Para se aprofundar ainda mais no assunto, leia esse artigo especial que escrevi para esclarecer todas as dúvidas sobre qual é a melhor maneira de começar o marketing digital no seu consultório! Vem conferir!

  • Thiago Santos

    Olá Raphael. Li algumas matérias suas e primeiramente parabéns pelo empreendedorismo.
    Na ocasião li sobre uma empresa que confecciona sites “modernos” porém não achei mais essa matéria e nem o site deles pois estou procurando alguém para confeccionar um para o meu consultório.
    Pode me dizer qual é a empresa?
    Obrigado. Thiago Santos